Seguidores

Compre usando Moip!

Ajude - me a comprar uma Máquina de Costura!!!!

domingo, 28 de setembro de 2014

Coração de Luto =(

Há algum tempo eu sabia que você viria à esse mundo com muita saúde. No nosso último ultrassom, o médico me deu a certeza de que estava tudo bem com você. Vi você se mexendo, os dois bracinhos, as duas perninhas... Abrindo e fechando uma das mãozinhas...

A sensação de ouvir seu coraçãozinho batendo era tão fascinante, que eu ficaria horas e horas vendo você por aquele monitor...

Ao final do exame, o médico me deu 70% de certeza, de que você seria uma linda princesa! Ahhh!!! Mais uma princesa para alegrar nossos dias. Uma menina para dividir comigo as minhas roupas, os meus batons, as minhas maquiagens... Uma menina para me ensinar a gostar da cor Rosa...

Assim que saímos do consultório, já escolhemos o seu nome: seria Maria Vitória.

Afinal, ter você aqui comigo, nos meus braços, seria uma Vitória! Seria uma bênção! A maior alegria de toda a minha vida, com toda certeza...

Há 15 dias, comecei a sentir seus movimentos. A sensação foi a mesma de ter ouvido seu coração pela primeira vez. Emocionante... Passava horas do dia, com a mão estendida sobre meu ventre, pra poder sentir melhor seus "chutes". E desde sempre, conversando com você...

Hoje, faz 8 dias que eu dei entrada no hospital, sentindo algo estranho, algo errado com nós duas... Fiquei de repouso por 24 horas, e nesse tempo, você não se mexeu mais. Eu não consegui ouvir mais seus batimentos cardíacos... E então, o médico me deu um medicamento, que faria você nascer...

Mas eu já sabia das condições. Já sabia que você era muito pequena pra sobreviver aqui fora... Já sabia que eu não pegaria você em meu colo, que eu não veria minha barriga crescer cada vez mais, que meus seios não te amamentariam.... Já sabia que você não olharia nos meus olhos, e JAMAIS me chamaria de mamãe...

No último domingo, você "nasceu". Já sem vida... E até mesmo o médico me olhava com olhos de tristeza. As enfermeiras me olhavam, passavam a mão em meu rosto, e me diziam palavras de alento... Mas NADA amenizava essa dor... A dor de te perder... E de ter naquele momento, a certeza mais que absoluta de que você realmente era a minha Maria Vitória.

Hoje, depois de passar todas as dores físicas, ficar 6 dias internada no hospital, ter dores de estômago por causa dos remédios, ser esquecida pelo médico, e chorar muito a sua perda... Estou aqui...
Estou aqui, escrevendo este texto, com os olhos cheios de lágrimas, suspirando e me perguntando o porquê disso tudo acontecer... Porquê conseguir formar um bebê perfeito, com todos os membros, sem nenhum a mais e nenhum a menos, e ter que deixá - lo ir assim...

Isso é tão doloroso... Tão difícil de aguentar... De suportar esse sentimento que deixa tudo cinza, tudo nublado, tudo triste...

Hoje tenho a certeza de que eu JÁ TE AMAVA mais que tudo neste mundo!
E tenho mais certeza ainda, de que eu não vou esquecer de todas as imagens que vi de você. Todos os ultrassons, e inclusive da última, seu corpinho sendo envolvido por um saco plástico pelo médico...

Agora, ficam os "SE". SE a gestação fosse de apenas duas semanas a mais, você teria chances de sobreviver... SE o médico do pré natal fosse mais atencioso, talvez pudesse identificar algum problema e poderíamos tomar providências... SE eu realmente fosse tão saudável quanto diz o médico, talvez não teríamos tantos problemas... E se.... E se... 

Algumas pessoas dirão: "Foi Deus que quis assim", "Deus sabe o que faz", "Deus vai te abençoar com outro bebê"... Mas ninguém vai se perguntar quantas vezes dobrei os meus joelhos, e pedi à Deus pra me entregar você... Quantas vezes agradeci a bênção recebida... Quantas vezes chorei em silêncio, pedindo ao Senhor que continuasse abençoando essa gestação... Já tenho certeza dos olhos piedosos me acompanhando onde vou... Dos sorrisos sem graça, dos abraços forçados tentando me confortar...

Assim como também tenho a certeza de que esse sentimento de amor que ficou aqui dentro do meu peito, não vai ser esquecido...

Maria Vitória ♥

3 comentários:

  1. oi amiga que triste o ocorrido sinceramente não tenho palavras amada, e sei que nada dito podera mudar seus sentimentos mas estarei orando por ti para que Deus lhe conforte a ti e sua familia fique com Deus amiga bjs!

    ResponderExcluir
  2. Olá menina, entendo perfeitamente todas as suas lindas palavras aqui escritas. Passei por isto e perguntei todos os " porques" e todos os "se" que pode imaginar. Fiquei com meu bebê 21 dias dentro do meu ventre sabendo que ele nao tinha vida devido um aborto retido. A dor é imensa, internei, fizeram a medicação e o aborto não acontecia, nao fazia efeito o remédio, não sentia nem cócegas enquanto ouvia os gritos de outra jovem do meu lado que retorcia de dores. Ao me preparar para uma cesária Deus ouviu minhas preces e tudo foi resolvido sem precisar de um corte, mais uma dor, mais uma cicatriz. Com todo o processo fiquei sem ovular de um dos óvarios e ai veio a dúvida mais uma vez "e agora" ... Mas Deus tem sempre algo lindo reservado na hora certa para gente 1 ano e 2 meses depois recebo a noticia tão esperada de novo e foi só felicidades. Hoje meu filhote tá com 4 anos sorrindo e correndo para vida. Não desanime, tenha fé, sei que é não é ´fácil, mas tudo tem sua hora e a sua e de sua família vai chegar. Sinta se abraçada por esta mãe que em lágrimas sente com você o seu sofrimento. Abraços

    ResponderExcluir
  3. Que triste amiga.
    Só Deus para te confortar neste momento, fiquei emocionada em ler a sua postagem.
    Que Deus possa te dar o colinho que vc precisa neste momento.

    bjokas =)

    ResponderExcluir

Faça esta Blogueira cada vez mais feliz! Deixe seu comentário, e assim que puder, retribuo o carinho! :)

Obrigada, e volte sempre que desejar!

Top Comentaristas

Top Comentaristas by SemNome